segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Cheguei aos 3.0. Me digam é assim mesmo?


Gente
Fazer 30 anos, idade da maturidade e blá blá blá...
Não sinto que tenho 3 décadas sobre meus ombros apesar de já me chamarem de tia...
Deus me deu saúde, inteligência, não me falta nada... Ainda me deu presentes maravilhosos, a capacidade de gerar um filho, ser mãe, é inexplicável. Obrigado Senhor!
Me sinto tão jovem, e é exatamente esse o conflito. O tempo avança, o corpo muda, as células morrem a cada dia, mas a mente se renova.

Quero viver, quero tudo que Deus tem pra mim e estar sensível a sua vontade. Quero minha família perto de mim, marido, filha, vamos nos afinando, nos esmerando, aprendendo, crescendo, nos tornando melhores uns para os outros, cada dia mais unidos, não é fácil, mas com amor, vamos indo. Amo vocês demais!

Filhos na fé, amigos, primos, irmãozinhos amados, cunhadas, titios, tia Silvana(minha mãezona), minha vovó Joaquina(anjo do Senhor na minha vida), meu avô( que está na glória do Senhor), minha mamãe Lourdes( a vovó de Hannah), Henry( meu sobrinho amado, preferido por enquanto) AMO VOCÊS. E GHEGUEI ATÉ AQUI PELO AMOR E CUIDADO DE DEUS. ELE É QUEM DIRIGE A MINHA VIDA. Obrigado pelo amor de vocês!
Ao amigos virtuais, irmãos em Cristo, todo meu carinho e respeito. Vocês são benção na minha vida e me digam uma palavra sobre isso, como se sentiram os que como eu chegaram aos 30 anos ou os que estão chegando...sobre aquele conflitinho básico da mente em relação ao corpo...
ou não é nada disso...sei lá.......
Bjs!

Um comentário:

Aline mamãe do Yuri disse...

olá Sara, que legal que você me visitou, apareça sempre. Estou indo para 3.4 no proximo mês e sabe de uma coisa me sinto muito realizada, tenho um casamento muito legal, o meu filho um grande presente de Deus e principalmente grandes experiencias com Deus, e uma maturidade que não se compara com antes. Aproveite muito essa fase e se divirta.

beijos

Aline